Maringá registra mais uma morte por dengue no período epidemiológico
Foto: Ilustrativa / Divulgação / Fiocruz

Aedes aegypt

Maringá registra mais uma morte por dengue no período epidemiológico

Saúde por Letícia Tristão em 22/06/2022 - 10:02

É a quinta morte pela doença na cidade desde agosto do ano passado. O Paraná soma 59 óbitos por dengue no período. 

O período epidemiológico da dengue começou em agosto do ano passado e segue até julho deste ano. Os casos de dengue aumentam quando há calor e chuva, normalmente no início do ano. Este ano a Saúde identificou mais casos um período depois. O Paraná e algumas cidades do estado, caso de Maringá, entraram em estado de epidemia de dengue.

No último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, Maringá confirmou mais uma morte por dengue, é o quinto óbito pela doença no período. A vítima foi uma mulher, de 48 anos, que tinha comorbidade.

O total de casos confirmados da doença, segundo o boletim da Sesa, chegou a 4.517, são 524 a mais que o total de 3.993 da semana passada. Ainda segundo o informe semanal de número 43, Maringá tem 365 casos suspeitos sendo investigados.

Apesar de o fim do período epidemiológico se aproximar, o número de casos confirmados semanalmente continua alto e os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti devem continuar, pede o gerente de zoonoses, Eduardo Alcântara Ribeiro. [ouça o áudio acima]

A infectologista Ana Gurgel reforça que os casos graves de dengue podem aparecer dias após o contágio, principalmente em casos de segunda ou terceira infecção. [ouça o áudio acima]

Ao todo, o Paraná tem 104.592 confirmações de casos de dengue e 59 mortes pela doença no período.

(atualização às 16h42): Maringá confirmou na tarde desta quarta-feira (22) a 6ª morte por dengue no atual período epidemiológico no boletim de arboviroses divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. A vítima, de acordo com o documento, é um homem, de 76 anos e que tinha comorbidades. Agora, a cidade soma 6 óbitos por complicações da doença no atual período epidemiológico, iniciado em agosto de 2021. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, Maringá tem neste momento 4.920 casos confirmados de dengue, todos autóctones, ou seja, contraídos dentro da própria cidade. Outros 200 casos suspeitos estão em análise.