Mais da metade dos comerciantes está otimista para o Dia dos Pais em Maringá
Foto: Letícia Tristão/CBN Maringá

Pesquisa

Mais da metade dos comerciantes está otimista para o Dia dos Pais em Maringá

Economia por Letícia Tristão em 02/08/2021 - 16:44

Nas ruas, as pessoas ainda não decidiram o que vão comprar, mas a data deve ser lembrada com um presente. Os consumidores devem gastar em média R$ 150 com os pais este ano em Maringá.

Datas comemorativas são um presente também para o comércio. E a que tudo indica, o Dia dos Pais este vai ser vivido com mais flexibilização nas medidas de segurança contra o coronavírus. Em Maringá, o comércio vai abrir em horário especial para as compras de Dia dos Pais.

Uma pesquisa feita pela Faciap, a Federação Paranaense das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná, mostra que 81% dos comerciantes do Paraná acreditam no aumento das vendas para o Dia dos Pais. A expectativa é 9% a mais nas vendas. Em Maringá o aumento esperado é 5,5%, conforme a pesquisa.

Mas a empresária Raquel Rocato está ainda mais otimista que a pesquisa. Ela espera um aumento de 20% nas vendas este ano. Na loja dela, pijamas e pantufas estão saindo bastante como presente para os pais. [ouça o áudio acima]

Segundo uma pesquisa feita pela ACIM, a Associação Comercial e Empresarial de Maringá, o otimismo está também entre os consumidores: 84% dos entrevistados pretendem comprar presentes de Dia dos Pais.

Mas nas ruas, a população ainda não decidiu o que comprar. Caso da Dariam de Oliveira, que provavelmente vai deixar para última hora. [ouça o áudio acima]

A Luiza Martins também ainda não sabe como vai presentear o pai, mas algum presente ela vai comprar. [ouça o áudio acima]

Ainda de acordo com a pesquisa da ACIM, 70% dos entrevistados vão pesquisar os preços dos presentes. A média do presente em Maringá deve ser de R$ 150,7, conforme a pesquisa.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550

Foto: Letícia Tristão/CBN Maringá
Foto: Letícia Tristão/CBN Maringá