Justiça determina que Município assuma direção de asilo
Foto: Arquivo/CBN Maringá

Decisão

Justiça determina que Município assuma direção de asilo

Cidade por Luciana Peña em 06/07/2021 - 13:10

Uma liminar concedida à 14ª Promotoria de Justiça de Maringá no último dia 30 de junho, destituiu a diretoria do Asilo São Vicente de Paulo  e determinou que servidores municipais desempenhem a função provisória de gerência da entidade. O Município fica obrigado a nomear os servidores que irão ocupar a função. A Prefeitura de Maringá tem dez dias para contestar a decisão a partir da notificação.

No mandado de segurança impetrado pela promotoria o Ministério Público cita o  surto de Covid-19 no asilo, que contaminou 60 idosos e provocou a morte de sete internos. O MP também alega que as condições insalubres do asilo desrespeitam a legislação do Estatuto do Idoso.

Na decisão, a juíza Roberta Carmem Scramim de Freitas considerou que os elementos apresentados pela promotoria indicam diversas irregularidades sanitárias e fiscais.  A CBN entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura e aguarda um retorno.

(atualização às 16h08): Prefeitura vai acolher idosos do Asilo São Vicente de Paulo. A Prefeitura de Maringá informou por meio de nota que irá assumir a direção do Asilo São Vicente de Paulo, como determinou a Justiça. O Município irá “acolher todos os idosos da instituição e garantir a eles um atendimento digno”, diz a nota. Dois interventores interinos serão indicados para a gestão do asilo.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550