Jovem que matou enfermeiro do HU morre em confronto com a PM em Maringá
Foto: Hélio Procópio, morto em novembro de 2019 / GMC Online

Segurança

Jovem que matou enfermeiro do HU morre em confronto com a PM em Maringá

Segurança por Letícia Tristão em 22/06/2022 - 11:30

Ele confessou o crime em 2019 e foi encaminhado a um Centro de Socioeducação por ser menor de idade. Nessa terça-feira (21), ele morreu em uma troca de tiiros com a polícia após o roubo de um veículo no Jardim Alamar.

O jovem morto no confronto com a Polícia Militar em Maringá é Wuelyton Vitor Rodrigues de Oliveira, de 19 anos.

Wuelynton é também o autor do latrocínio, roubo seguido de morte, do enfermeiro do Hospital Universitário de Maringá, Hélio Procópio. O crime aconteceu em novembro de 2019 e gerou grande repercussão. Hélio era morador de Santa Fé, na região, e era funcionário do HU há mais de 20 anos.

Na época do crime, o autor confessou ter roubado o carro da vítima e tê-la assassinado. Wuelynton era menor de idade e foi encaminhado a um Centro de Socioeducação de Campo Mourão.

Ele saiu do Cense recentemente e, segundo a polícia, já praticou crimes. Ele morreu em confronto com a Polícia Militar em Maringá, nessa terça-feira (21), após ser suspeito de roubar um veículo no Jardim Alamar.

De acordo com o delegado responsável pelo caso da morte do enfermeiro em 2019, Alysson Tinoco, Wuelyton demonstrava frieza e naturalidade ao falar sobre o crime. [ouça o áudio acima]

O enfermeiro Hélio Procópio foi morto em novembro de 2019
O enfermeiro Hélio Procópio foi morto em novembro de 2019
Wuelyton Vitor Rodrigues de Oliveira. Foto: Redes Sociais
Wuelyton Vitor Rodrigues de Oliveira. Foto: Redes Sociais