HUM tem ambulância de plantão só para levar pacientes sem gravidade à UPA
HUM tem ambulância para levar pacientes sem gravidade para UPA | Foto: Ilustrativa/Marcelo Braga/Creative Commons

Saúde

HUM tem ambulância de plantão só para levar pacientes sem gravidade à UPA

Saúde por Luciana Peña em 07/04/2020 - 10:39

A medida faz parte da reorganização do sistema de saúde para enfrentar o coronavírus.

A grande procura de pacientes com sintomas sem gravidade por atendimento no Hospital Universitário era um problema antigo, que lotava o Pronto Socorro.


Ouça a reportagem completa:

 

Toda vez que um paciente com uma dor de cabeça, dor de estômago, ou outro sintoma leve,  chegava ao Hospital Universitário de Maringá sem antes passar por uma unidade básica ou até mesma uma unidade de pronto atendimento, criava um problema para o sistema de saúde.

Ele ficava à espera de atendimento ao lado de pacientes graves, muitos deles vítimas de acidentes.

Resultado: Pronto Socorro lotado e equipes médicas sobrecarregadas.

Essa situação seria impensável neste momento de enfrentamento do coronavírus.

Por isso, nas últimas semanas, com a reorganização do fluxo de pacientes nas unidades públicas de saúde, foi encontrada uma solução para este problema.

Uma ambulância do município fica de plantão para encaminhar esses pacientes até a UBS Mandacaru, ali perto, e que foi transformada em UPA.

É o que explica o diretor da 15ª Regional de Saúde de Maringá, Ederlei Alkamim. [ouça no áudio acima]

Várias outras medidas foram adotadas para organizar o sistema de saúde.

Uma delas foi a transformação da UPA zona norte em unidade exclusiva para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios.   

Essa medida, inclusive, poderia ser mantida mesmo depois da pandemia. [ouça no áudio acima]

Segundo a Secretaria de Saúde, nas cinco UPAs criadas para atender pacientes que não apresentam sintomas respiratórios foram atendidos 7890 pessoas nos últimos  17 dias.