Hospital da Criança precisa de aporte do Governo Federal para funcionar, diz secretário
Foto: Colaboração/Tiago Valenciano

Maringá

Hospital da Criança precisa de aporte do Governo Federal para funcionar, diz secretário

Saúde por Letícia Tristão em 22/07/2021 - 18:12

O custo para manter a estrutura pode variar de R$ 5 a R$ 12 milhões por mês. A estrutura está levantada e parte dos equipamentos está instalada. Mas faltam etapas a serem entregues. 

O Hospital da Criança começou a ser construído em 2018. Burocracias e a pandemia atrasaram a obra, que deveria ser entregue em um ano e meio. A estrutura já está montada e o hospital tem parte dos equipamentos instalada.

O hospital vai atender crianças em tratamento de câncer e terá também um centro de pesquisas de doenças raras. Foram R$ 129 milhões investidos na obra.

Mas o custeio do Hospital da Criança é muito alto, diz o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. Os valores mensais podem variar de R$ 5 a R$ 12 mi. Segundo o secretário, nem o município e nem o estado têm como bancar esse valor. Vai ser preciso um aporte do Governo Federal para que a estrutura hospitalar funcione. Apesar de não haver um prazo, o diálogo está acontecendo, afirma o secretário. [ouça o áudio acima]

A Prefeitura de Maringá publicou um edital para as obras no entorno da estrutura, mas não foi concluído e o município ainda não abriu um novo certame.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550