Homem que matou ex-cunhada com barra de ferro é condenado em Maringá
Marlene de França Souza foi morta com golpes de barra de ferro – Foto: Arquivo

Júri popular

Homem que matou ex-cunhada com barra de ferro é condenado em Maringá

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 15/09/2021 - 15:53

A Justiça condenou a 20 anos de prisão em regime fechado o réu Vanderlei Cruz da Silva, de 44 anos, pela morte da ex-cunhada Marlene de França Souza, de 58 anos, em Maringá. O crime aconteceu em 2019 na Vila Morangueira e chocou os moradores da cidade. Marlene foi morta com vários golpes de ferro na cabeça. 

O julgamento aconteceu no Fórum de Maringá nessa terça-feira, 15, e o resultado do júri popular saiu por volta das 20h. A defesa tentou provar que o crime não foi um homicídio, mas sim uma lesão corporal grave. No entanto, os jurados entenderam que era crime de homicídio. 

PUBLICIDADE

O júri ainda manteve, além do crime de homicídio, três qualificadoras: ameaça, lesão corporal e descumprimento de medida protetiva, já que a irmã da vítima havia procurado a polícia e denunciado as ameaças do réu. 

Vanderlei Cruz da Silva tem uma ficha criminal extensa com passagens por estupro, porte de arma de fogo, perturbação de sucego, vias de fato, lesão corporal e ameaça. Os antecedentes criminais pesaram na decisão do julgamento. A família da vítima lutava por Justiça desde 2019. A reportagem está tentando falar com a família da vítima e com os advogados do réu. 

 Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550