Gastos com servidor ficam em R$ 878 milhões em 2021 em Maringá
Imagem Ilustrativa/Foto: Arquivo/PMM

Estimativa

Gastos com servidor ficam em R$ 878 milhões em 2021 em Maringá

Cidade por Victor Simião em 28/09/2020 - 15:23

Os dados são da Prefeitura, que preparou a Lei Orçamentária Anual. O aumento no comparativo com 2020 é de 7,2%. Para investimentos, o Executivo terá R$ 145 milhões.  

Na Lei Orçamentária Anual, que deve ser enviada à Câmara de Maringá até o dia 30 de setembro, a Prefeitura estima que o gasto com o servidor do Executivo em 2021 será de R$ 878 milhões. O valor engloba o pagamento de salário, aposentadorias e encargos sociais. No comparativo com 2020, o aumento é de 7,2%. Neste ano, a despesa está em R$ 819 milhões.

Para o ano que vem, o orçamento total da Prefeitura é de R$ 1,833 bilhão. Ou seja, o gasto com o pessoal equivale a 47% do total.

Dentro da chamada receita corrente líquida, uma categoria específica do orçamento, o dinheiro para despesas com servidores equivale a 50,03%, acima do limite de alerta, que é de 48,60%. O teto é de 54%.
Em outras palavras, é um controle que a prefeitura deve ter para evitar problemas futuros com certidões negativas.

A questão é que o orçamento 2021 já começa com 50%. E ainda deve haver o pedido de reajuste do sindicato e outras progressões.

A Prefeitura de Maringá separou R$ 145 milhões para investimentos - o que equivale a 7,9% do orçamento total do ano. O valor equivale a uma redução de 27% no comparativo com 2020. Neste ano, o previsto para investimento é de R$ 201 milhões.

De acordo com a secretaria de Fazenda, o orçamento 2021 é conservador devido ao momento vivido economicamente em razão da Covid-19.

A Lei Orçamentária Anual deve ser aprovada na Câmara de Vereadores. Os parlamentares podem apresentar modificações.