Filho de ex-vereador de Maringá morre em confronto com a Polícia Militar
Foto: Ilustrativa / PM

Troca de tiros

Filho de ex-vereador de Maringá morre em confronto com a Polícia Militar

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 24/04/2021 - 11:09

Um homem, de 36 anos, morreu na noite dessa sexta-feira (23), em um confronto com a Polícia Militar (PM), na PR-444, em Arapongas. Ideval de Oliveira Júnior, morador de Maringá, conduzia um carro roubado em Londrina quando foi abordado por policiais que monitoravam o veículo, segundo informações da PM. O suspeito não parou e fugiu dos policiais, por isso, houve perseguição na rodovia, ainda segundo a PM.

Após bater o carro em uma rotatória, ainda segundo a PM,  Ideval de Oliveira Júnior teria atirado contra os policiais. A equipe policial revidou e o suspeito foi baleado. Equipes de resgate foram para o local, mas ele já estava morto. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana. Segundo o IML, o corpo deverá ser liberado ainda na manhã deste sábado (24), à família, que é de Maringá. 

O homem que teria trocado tiros com a polícia é filho do ex-vereador de Maringá, Ideval Oliveira, mais conhecido como capitão Ideval. Capitão da reserva da PM, Ideval Oliveira foi vereador em Maringá e também secretário municipal na Prefeitura de Maringá. Capitão Ideval disse ao GMC Online que a família toda está chocada com o que aconteceu e que ele, como pai, fez de tudo para ajudar o filho a se livrar de más companhias.

“Estou aqui em Apucarana e daqui a pouco vão liberar o corpo. A gente fica muito triste com o que aconteceu. Não precisava chegar nesse ponto. Fiz de tudo para tirar ele disso”, disse Ideval Oliveira, na manhã deste sábado (24).

O corpo de Ideval de Oliveira Júnior será velado a partir das 15h, na Capela do Prever, na Zona 2, em Maringá. 

 Acesse GMC Online