Estudantes de psicologia formam coletivo negro
Foto: Divulgação

Mobilização

Estudantes de psicologia formam coletivo negro

Educação por Victor Simião em 11/11/2020 - 17:31

O grupo quer dar acolhimento aos acadêmicos não brancos e pensar a área do conhecimento de forma antirracista. Chamado de Conepsi, coletivo realiza evento online nesta quinta (12) e sexta-feira (13).

Um dos mais tradicionais cursos da Universidade Estadual de Maringá, a psicologia, muitas vezes, tem práticas racistas. É o que avaliou um grupo de estudantes de graduação, que decidiu criar o Conepsi - Coletivo Negro de Psicologia da UEM. Atualmente, 14 acadêmicos fazem parte do grupo.

A iniciativa surgiu em agosto deste ano. O objetivo é dar acolhimento aos negros e negras e pensar práticas antirracistas, disse uma das fundadoras do coletivo e estudante do quarto ano de psicologia Laene Abade. [ouça no áudio acima]

Nesta quinta-feira (12) e sexta (13), o coletivo realiza a primeira atividade pública a partir das 19h no Youtube. Cinco convidados participam. Entre outros assuntos, temas como a solidão da mulher negra serão abordados. É necessário se inscrever antes. [ouça no áudio acima]

O coletivo pode ser encontrado no Instagram, na conta ‘Conepsiuem’. O link para assistir ao evento será enviado para o e-mail dos inscritos.