Em reunião de conselho, professora chama acadêmico de ‘bicha’
Imagem Ilustrativa

UEM

Em reunião de conselho, professora chama acadêmico de ‘bicha’

Educação por Luciana Peña em 23/07/2020 - 10:20

O microfone estava aberto e todos os participantes ouviram. Estudante diz que expressão homofóbica revela muito sobre a própria universidade, onde ainda há muito preconceito

Foi uma reunião tensa, que durou sete horas e em que professores e acadêmicos da Universidade Estadual de Maringá debatiam se as aulas deviam ou não ser retomadas de forma remota.

O tema dividia opiniões, com um grupo a favor e outro contra.

Quando o acadêmico de educação física Krigor de Camargo Faeda, representante dos estudantes no Conselho de Ensino e Pesquisa da UEM, começou a falar, uma professora disparou uma frase preconceituosa. O microfone da professora estava aberto e o Krigor e toda a audiência puderam ouvir. [ouça áudio acima] 

Ouça o áudio da reunião: [acima]

O estudante diz que ficou indignado, mas não surpreso, porque já foi vítima de muitos ataques homofóbicos. Ele acredita inclusive que a fala da professora revela muito do que se passa dentro da universidade, um ambiente ainda carregado de preconceito. [ouça áudio acima]

O áudio com a fala da professora repercutiu nas redes sociais. Os centros acadêmicos da UEM divulgaram uma nota de repúdio contra a homofobia. A UEM informou que vai divulgar uma nota oficial em relação ao assunto. A professora disse que não vai se manifestar, mas explicou que o aconteceu foi um deslize num momento de muita tensão. Ela pediu desculpa e ressaltou que tem profundo respeito pela orientação sexual de qualquer pessoa.

Atualização (11h15):

Reitoria se posiciona sobre ocorrido em reunião do Conselho de Ensino e Pesquisa (CEP):

A Reitoria da Universidade Estadual de Maringá (UEM) vem a público informar que está tomando as providências cabíveis para averiguar a eventual infração e irregularidade funcional cometida pela conselheira do Conselho de Ensino e Pesquisa (CEP) em reunião formal do Conselho ocorrida no dia 22 de julho de 2020.