Delivery de doces artesanais é alternativa para presentes
Imagem ilustrativa | Foto: Julio Frutuoso/Pixabay

Final de ano

Delivery de doces artesanais é alternativa para presentes

Economia por Letícia Tristão/GMC Online em 07/12/2020 - 07:30

Final do ano é época de presentear os familiares e amigos. É o período mais esperado do ano no comércio. Mas, com todas as restriçoes em função da pandemia, empresas que fazem entrega a domicílio podem sair na frente.

Quem produz doces artesanais está na expectativa para aumento nas vendas, os empresários esperam aumento de até 50% neste final de ano. Segundo a empresária Andressa Larossa, a alternativa do momento é madnar entregar um presente na casa de alguém. [ouça o áudio acima]

A empresa da Andressa produz alfajors argentinos artesanais. A produção é em média de 2 mil alfajors semanalmente. Segundo ela, para driblar o momento econômico difícil, a alternativa foi produzir produtos em tamanhos menores. [ouça o áudio acima]

A empresária Renata Pereira produz brigadeiros e bombons artesanais. MAs no final do ano ela inclui os panetones na linha de produção. [ouça o áudio acima]

No cardápio da empresa da Renata são mais de 30 sabores de brigadeiros, mas o tradicional é sempre o mais pedido. Segundo ela, os combos de panetones e brigadeiros também estão sendo bastante encomendados para o final do ano. [ouça o áudio acima]

Além dos tamanhos tradicionais, os minipanetones estão sendo uma boa alternativa para lembrancinha neste final de ano. A média de preço é de R$ 18 até R$ 60. [ouça o áudio acima]

Apesar do aumetno nas vendas, as empresárias não tem perspectiva de contratar mais pessoas para ajudar no trabalho. [ouça o áudio acima]