Condenado por estuprar enteada em Paiçandu é preso pela polícia
Divulgação/PC

25 anos de prisão

Condenado por estuprar enteada em Paiçandu é preso pela polícia

Segurança por Portal GMC Online em 17/04/2019 - 14:09

Foi preso nesta terça-feira (16) um homem condenado a 25 anos de prisão por estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil, o homem recebeu a sentença por ter estuprado a própria enteada, em Paiçandu (a 21 quilômetros de Maringá).

De acordo com a delegada do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) de Maringá, Karen Friedrich Nascimento, o caso veio a público em 2013. Assim que completou 18 anos, uma jovem procurou a delegacia de Paiçandu e noticou que foi vítima de abusos sexuais quando tinha 13 e 14 anos. Os abusos, segundo ela, eram praticados pelo padrasto e por dois amigos dele.

“Segundo a vítima, um dos indivíduos seria uma pessoa com quem ela trabalhava na época dos fatos. Ela era babá dos lhos dele”, explica a delegada.

Durante a investigação, a polícia descobriu que os abusos ocorriam na casa desse homem, quando ela ia trabalhar, e na casa onde ela morava com o padrasto, quando a mãe dela não estava.

“A Polícia Civil de Paiçandu instaurou inquérito, apurou os fatos, indiciou os três suspeitos e eles foram condenados”, diz Karen. Segundo ela, as condenações saíram em novembro do ano passado, mas só agora os casos transitaram em julgado e os homens foram presos.

Além do padrasto preso ontem em Paiçandu, o homem com quem a vítima trabalhou também foi preso. Ele, que foi condenado a 25 anos de prisão, foi encontrado em Minas Gerais.

O terceiro homem investigado recebeu a condenação de 16 anos de prisão, mas continua foragido, diz a delegada.

Por: Nailena Faian/Portal GMC Online