Cinco trabalhadores ficam feridos após desabamento em obra na UEM
O acidente foi na manhã deste sábado (25), nas obras do bloco Q-07 | Foto: Victor Ramalho/CBN Maringá

Acidente

Cinco trabalhadores ficam feridos após desabamento em obra na UEM

Cidade por Victor Ramalho em 25/06/2022 - 14:21

O acidente foi na manhã deste sábado (25). De acordo com a Universidade Estadual de Maringá (UEM), parte da estrutura cedeu durante o trabalho de concretagem da última laje de um dos blocos. As cinco vítimas foram resgatadas conscientes e encaminhadas para hospitais de Maringá.

Cinco pessoas ficaram feridas após um desabamento em uma obra dentro da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O acidente ocorreu por volta das 9h30 da manhã deste sábado (25). De acordo com o Corpo de Bombeiros, as cinco vítimas eram trabalhadoras da obra do bloco Q-07, que está sendo construído às margens da Avenida Colombo e receberá as futuras instalações da Diretoria de Material e Patrimônio da universidade.

O resgate foi complexo e demorou aproximadamente três horas. O último trabalhador foi tirado dos escombros por volta das 13h. Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, das cinco vítimas, três foram resgatadas sobre os escombros, enquanto duas ficaram presas entre os materiais.

Todas as vítimas foram resgatadas conscientes e orientadas. Duas foram encaminhadas para o Hospital Bom Samaritano e outras duas para o Hospital Universitário de Maringá (HUM). O último resgate demandou um trabalho mais cauteloso, por conta da quantidade de escombros por cima da vítima, como explica o 2º Tenente Lucas Merchi, do 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Maringá. [ouça no áudio acima]

Segundo informações do Samu, o último trabalhador apresentou traumas no tórax, fêmur e tíbia. Por conta do longo período de tempo preso, precisou ser entubado e foi encaminhado à Santa Casa de Maringá.

De acordo com a Universidade Estadual de Maringá (UEM), o acidente ocorreu enquanto os trabalhadores realizavam o trabalho de concretagem da última laje do bloco. Segundo o reitor da UEM, Júlio Damasceno, todos usavam os equipamentos de segurança e as causas do acidente serão investigadas. [ouça no áudio acima]

Atualizado 27/06 às 10h10 - Dois trabalhadores já tiveram alta médica e três permanecem hospitalizados, mas segundo a assessoria de imprensa da UEM, estáveis. Um dos trabalhadores que está internado no Hospital Universitário está aguardando uma cirurgia no joelho, conforme assessoria de imprensa do HU. A vítima de estado mais grave que precisou ser entubada no local do acidente, segundo o Samu, com síndrome de esmagamento, continua internada na Santa Casa.