Autuações por fiscalização eletrônica de semáforos têm aumento de 36% em setembro
Imagem Ilustrativa/Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Trânsito

Autuações por fiscalização eletrônica de semáforos têm aumento de 36% em setembro

Trânsito por Luciana Peña em 30/10/2020 - 10:53

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, o aumento é reflexo da fiscalização na Avenida Colombo. Em agosto, sete cruzamentos ganharam câmeras que registram avanço de sinal.

A Avenida Colombo em Maringá voltou a ser monitorada por equipamentos fixos em agosto deste ano. Foram instalados radares de velocidade e câmeras de fiscalização eletrônica nos semáforos.

Os avanços de sinal começaram a funcionar em 20 de agosto. Esta semana, a Secretaria de Mobilidade Urbana publicou no portal da Semob os dados de setembro.

Durante o mês passado foram aplicadas em toda a cidade 9.347 autuações por avanço de sinal.
Um aumento de 36% em relação a agosto, quando foram 6.55 autuações.

Segundo a Semob, o aumento é reflexo dos equipamentos instalados na Avenida Colombo.

As câmeras que registram avanço de sinal foram instaladas em sete cruzamentos, considerados os mais críticos ao longo da avenida.

A instalação foi uma parceria com a Polícia Rodoviária Federal, que continua fiscalizando a rodovia com equipamentos móveis.

O inspetor da PRF, Pedro Faria, diz que o objetivo é reduzir acidentes. E já houve uma redução de 70%. [ouça no áudio acima]

A multa por avanço de sinal é considerada gravíssima. Quando o carro para sobre a faixa de pedestre, a infração é média.

Em relação a radares de velocidade, o número de autuações em setembro foi 9388, praticamente o mesmo de agosto. A informação é de que os radares de velocidade na Colombo ainda não estão funcionando.