Ampliação de vagas no Ensino Médio diurno vai acabar com o noturno?
Imagem ilustrativa/EBC

Impasse

Ampliação de vagas no Ensino Médio diurno vai acabar com o noturno?

Educação por Carina Bernardino em 22/11/2019 - 07:49

Governo diz que não, que a oferta de 20 mil matrículas para 2020 é opção a mais para os alunos. A APP-Sindicato entende que a decisão estadual propõe o fim do Ensino Médio à noite. 

Foi ampliado em mais de 20 mil vagas o número de matrículas para o Ensino Médio no período diurno em 250 escolas do Paraná. O anúncio da Secretaria de Estado da Educação, feito nesta semana, é para o ano letivo de 2020. A ampliação foi possível devido ao remanejamento de vagas ociosas do período noturno, justificou o Governo Estadual. Para a APP-Sindicato, a decisão vai acabar com o Ensino Médio na parte da noite. O presidente Hermes Leão diz que a entidade acompanha casos de matrículas impedidas para o Ensino Médio noturno.

O Secretário da Educação, Renato Feder, afirma que a ampliação de vagas para o período diurno não significa o fechamento do Ensino Médio noturno. Ele defende a abertura das matrículas como uma opção a mais para os alunos que estão concluindo o Ensino Fundamental.

Em relação a evasão escolar, o secretário reforça que o índice de abandono de alunos do Ensino Médio no período noturno é elevado. De acordo com o Censo Escolar de 2018, enquanto no período diurno 3,6% dos estudantes abandonaram os estudos, no noturno o índice foi de 17,7%.

A conclusão da APP-Sindicato é que o governo estadual quer fechar turmas, turnos e até escolas inteiras.