“A revolta por não tocar era muito grande”, diz João Carlos Martins
Foto: Unicesumar

Maestro

“A revolta por não tocar era muito grande”, diz João Carlos Martins

Cultura por Victor Simião em 13/03/2020 - 16:07

Um dos principais nomes da música clássica no Brasil, o maestro está em Maringá para fazer palestras. Ele conversa com alunos da Unicesumar na noite desta sexta-feira (13). 

Aos 79 anos, Martins é um exemplo de luta pela música. Por conta de uma série de problemas de saúde, ficou mais de 20 anos sem realmente tocar piano. Isso o revoltou. “Eu não queria saber de música, conta”. Agora, uma luva biônica tem permitido a ele retomar os movimentos das mãos. E ele tem voltado a tocar. O piano é algo que está dentro de mim, diz ele.