Prefeitura da região suspende resultado de concurso público após indícios de fraude
Foto Ilustrativa: Prefeitura Municipal de Diamante do Norte

Investigação

Prefeitura da região suspende resultado de concurso público após indícios de fraude

Paraná por Victor Ramalho em 21/06/2022 - 14:16

A Prefeitura de Diamante do Norte (a 160 quilômetros de Maringá) anunciou a suspensão nesta terça-feira (21). De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), há indícios de que ao menos um candidato tenha obtido a aprovação de forma fraudulenta.

A Prefeitura de Diamante do Norte (a 160 quilômetros de Maringá) anunciou nesta terça-feira (21) a suspensão do resultado de um concurso público realizado pelo município no mês de março. A decisão se dá após o Ministério Público do Paraná (MP-PR) ajuizar uma ação civil pública pedindo a anulação do certame, após a constatação de indícios de fraudes.

A ação foi ajuizada por meio da Promotoria de Justiça de Nova Londrina no dia 6 de junho. De acordo com o MP, há indícios de que ao menos um candidato tenha obtido aprovação fraudulenta. Conforme a apuração do órgão, o candidato foi aprovado em primeiro lugar para uma função que exige escolaridade de nível superior, mas ele não concluiu o ensino médio. Questionado, o rapaz não soube informar onde havia feito a prova e nem para qual cargo.

Também conforme o MP, houve ainda a aprovação de pessoas que moram longe e não têm nenhuma ligação com o município. Há a suspeita de que esses candidatos tenham sido aprovados para beneficiar determinadas pessoas ligadas a servidores públicos ou relacionadas com a prefeitura.

O concurso público da Prefeitura de Diamante do Norte teve o edital publicado em fevereiro e previa o preenchimento de vagas de nível fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 12.339,40 para o cargo de médico. As provas objetivas foram aplicadas em março e as de títulos em abril. Não foi informado pelo Ministério Público para quais cargos concorriam os candidatos com irregularidades identificadas.

Na ação, o MP requer que todos os efeitos do concurso sejam liminarmente suspensos, assim como a convocação e nomeação de candidatos aprovados até o julgamento final.

Por meio de nota, a Prefeitura de Diamante do Norte informou que não compactua com irregularidades de qualquer natureza e que decidiu pela suspensão do resultado, por iniciativa própria, assim que teve conhecimento da investigação. O município também afirma que já trabalha para elucidar os fatos, apontar os responsáveis e tomar as providencias cabíveis. A Prefeitura também afirma que manterá os candidatos informados sobre o andamento da investigação e que tentará concluir os trabalhos da forma mais rápida possível.