Ouvinte denuncia lotação em ônibus do transporte intermunicipal
Foto: Colaboração/Marly Rosalin/Whatsapp CBN Maringá

Você faz a pauta

Ouvinte denuncia lotação em ônibus do transporte intermunicipal

Paraná por Luciana Peña em 24/02/2021 - 11:39

Num momento em que os municípios tentam coibir as aglomerações com decretos, a ouvinte pergunta como será a fiscalização do transporte coletivo. Saiba como denunciar.

O vídeo feito pela ouvinte da CBN Maringá Marly Rosalin mostra um ônibus que faz a linha Doutor Camargo a Maringá lotado. Passageiros sentados e em pé, com quase nenhum distanciamento.

A ouvinte viaja preocupada. Ela fez o vídeo num sábado, às 13h, na volta para casa dos trabalhadores que viajam todo dia a Maringá.

Durante a semana a lotação é nos horários de rush. Antes da pandemia, eram dois ônibus só para passageiros de Doutor Camargo e outros dois para passageiros de Água Boa, distrito de Paiçandu. Agora é um para cada itinerário, diz Marly. [ouça no áudio acima]

A CBN entrou em contato com a empresa Cidade Verde, responsável pela linha Maringá a Doutor Camargo. A empresa informou que vai verificar a bilhetagem para conferir se há lotação, por meio da leitura eletrônica.

A CBN também entrou em contato com o DER, Departamento de Estradas de Rodagem, responsável pela fiscalização do transporte intermunicipal. O DER conferiu as imagens enviadas pela ouvinte e informou que vai verificar a situação.

As denúncias podem ser feitas diretamente no site do DER. O primeiro passo é entrar no site do DER: www.der.pr.gov.br. Na página principal clique em transporte intermunicipal de passageiros, depois em SAC- reclamações. Nesta página é possível registrar a queixa ou fazer a denúncia por telefone: 0800-0410158 . E em caso de reclamações do transporte interestadual o telefone é o 166, da ANTT, Agência Nacional de Transporte Terrestres, ou e-mail antt@antt.gov.br.

Esta reportagem foi uma sugestão da ouvinte Marly Rosalin. Se você também quer  enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá, faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550