O vai e vem de nomes da avenida Itororó
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

O vai e vem de nomes da avenida Itororó

Por Diniz Neto em 22/03/2018 - 10:03

Vale o registro: 22 de março é o Dia Mundial da Água. Essencial para a vida, fonte também de reflexão sobre o que estamos fazendo com o meio ambiente.

Estamos a 6 meses e 11 dias das eleições. 199 dias.

PODEMOS. Nesta quinta-feira, às 18 horas, no Teatro Positivo, em Curitiba, o senador Alvaro Dias, pré-candidato a presidente da República pelo Podemos, realiza uma reunião com empresários e lideranças do partido.

Devem acontecer atos políticos, filiações, anúncios de executivas municipais.
Não há previsão de anúncio de filiação de Osmar Dias ao partido. Isto era esperando, há alguns dias.

Conheço pessoas que apostam que até o dia 7 de abril Osmar Dias ingressa no Podemos.

Publicamente ele declara que permanecerá no PDT.

PREFEITURA NO BAIRRO. Aconteceu ontem à noite, no Cidade Alta II.
Foi uma reunião tranquila e bem avaliada por pessoas que estiveram presentes, inclusive vereadores.

Foi muito parecida com as reuniões realizadas no ano passado.

Os pedidos mais importantes foram relacionados a vagas em creche, quebra-molas, posto de saúde e melhoria do Contorno Sul.

A CBN tem várias reportagens sobre o estado do Contorno Sul e a necessidade de obras de recuperação. Na prática, apesar de trânsito pesado, o contorno se tornou uma via urbana, importante e sem a devida conservação.
O vereador do Carmo me disse, hoje cedo, que o destaque da reunião de ontem foram as cobranças de recuperação e manutenção do Contorno Sul, uma luta que ele iniciou junto com a posse, em janeiro 2017. Hoje, segundo ele, o contorno está intransitável apesar de passarem por ali mais de 50 mil pessoas por dia.

A prefeitura divulgou informação de que vai investir R$ 10 milhões para recuperação do contorno. Promete iniciar a obra ainda neste semestre.

AVENIDA ITORORÓ – NOME MANTIDO. Acredito que a maioria da população não se deu conta de que o nome da avenida Itororó mudou, em toda a sua extensão, para Comendador Amorim Pedroza Moleirinho. Também não percebeu que voltou a ser avenida Itororó.

No dia 9 de agosto de 2016, portanto na legislatura anterior, projeto dos vereadores Da Silva, Belino Bravin e Manoel Alvares Sobrinho foi aprovado em terceira discussão no dia 9 de agosto de 2016 e transformou todo trecho da Itororó, desde o centro até a avenida Nildo Ribeiro da Rocha, em avenida Comendador Amorim Pedroza Moleirinho.

Confesso que eu achava que Amorim Moleirinho era o prolongamento da Itororó até a Nildo Ribeiro. Quando o nome foi aprovado não me dei conta de que se referia a toda a extensão da avenida.

Desde então um grupo de empresários e moradores iniciou um trabalho para que a avenida voltasse ao nome original, no trecho da Nóbrega até a JK (Perimetral).

Eles obtiveram do presidente licenciado da Câmara, Mario Hossokawa (PP), apoio para o projeto de manter o nome “Itororó”.

O que a minha fonte não sabia, e eu também não me dei conta, é que o nome Itororó foi restabelecido, em sessões da Câmara realizadas nos dias 6 e 15 de fevereiro deste ano. O projeto que restabeleceu o nome é de autoria dos vereadores Mario Hossokwa, Belino Bravin, Jean Marques e Alex Chaves.

Quem me informou agora cedo sobre este projeto foi o vereador Homero Marchese. Ele votou contra. Na primeira discussão, no dia 6, o vereador Flávio Mantovani votou contra o projeto. Sobre a votação do dia 15 (que não está no site da Câmara) o vereador Flávio Mantovani me informou que foi feito um acordo para a votação.

O vereador Homero foi contra a totalidade do projeto. Para ele, mudar uma homenagem é prática de regime totalitário, pior ainda quando o homenageado merece. Entende o problema causado aos moradores e empresários da avenida, mas não concorda com o trecho que deixou alguns lotes em trecho que se prolonga como avenida Itororó. Na pior das hipóteses, que a avenida Comendador Amorim Moleirinho começasse na avenida JK e terminasse na avenida Nildo Ribeiro da Rocha.

Esse é um detalhe do projeto, muito, muito peculiar: ele determina o nome da via não de via a via, mas de lotes a via.

A redação do projeto de lei é a seguinte: Restabelece a denominação da Avenida Itororó, situada nas Zonas Fiscais 02, 04, 13 e 17, no trecho que especifica, e dá outras providências.

Art. 1.º A denominação da Avenida Itororó, situada nas Zonas Fiscais 02, 04, 13 e 17,

alterada para Comendador Amorim Pedrosa Moleirinho, em toda a sua extensão, por força do disposto no art. 1.º da Lei n. 10.264/2016, fica restabelecida, no trecho compreendido entre a Avenida Tiradentes e os lotes 288/288A/289/289A/289B (rem.) e 291-A-9 da Zona Fiscal 17.

Art. 2.º Fica mantida a denominação da Avenida Comendador Amorim Pedrosa

Moleirinho no trecho da via pública a que se refere o artigo anterior compreendido entre os lotes 288/288A/289/289A/289B (rem.) e 291-A-9 da Zona Fiscal 17 e a Avenida Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha.

Art. 3.º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Plenário Vereador Ulisses Bruder, 11 de dezembro de 2017.

Assim, a avenida tem um trecho em que continua sendo Itororó após a avenida JK, entre ela e a avenida Nildo Ribeiro da Rocha.

PRORROGADO. O presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso, deputado Alex Canziani, informou que o FNDE prorrogou, de 30 de março para 30 de junho, o prazo para as secretarias municipais e estaduais de Educação informarem o seu CNPJ.

O número do CNPJ deverá ser apresentado ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Somente com o CNPJ próprio as secretarias vão poder movimentar os recursos do “Fundeb”, conforme a Portaria Conjunta FNDE/STN nº 2, de 28 de janeiro de 2018.

EDUCAÇÃO – DCE. Acho muito importante o movimento estudantil. Ali pode começar muita coisa boa (é o que se espera e o que se deve incentivar).

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) convida toda a comunidade de Maringá e região para participar do encerramento da recepção dos calouros e calouras da Universidade Estadual Maringá (UEM). O evento, que acontecerá do dia 23 de março, sexta-feira, contará com apresentações culturais e stands das Empresas Juniores, Centros Acadêmicos, PETs, Feira de economia e solidária e outros projetos.

O tema, escolhido, juntamente com os Centros Acadêmicos, objetiva ressaltar a riqueza da cultura afro-brasileira e levantar discussões sobre a importância da implementação das cotas raciais na UEM.
De acordo com a lei municipal 9660/2013, a Calourada do DCE faz parte do calendário oficial de Maringá, isso demonstra a importância da participação de toda a comunidade.

No dia 23 de março, as atividades serão realizadas das 8 às 18h horas em frente ao Restaurante Universitário (RU), espaço que contará com apresentação de diversas atividades desenvolvidas na universidade. Após às 18h, o evento prosseguirá no palco instalado em frente ao MUDI (Museu Dinâmico Interdisciplinar), contando com a participação de importantes artistas da região como o grupo Baque Mulher, o músico Claudio Caldeira e a cantora Rúbia Divino.

MUNICÍPIOS. A Câmara Municipal de Marialva aprovou projeto que cria o Sistema Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. O objetivo é propor, orientar e coordenar diretrizes, políticas e ações públicas que assegurem o direito de todos à alimentação.

Com o Conselho, a Administração poderá firmar convênios com o Governo Federal. O projeto foi aprovado por unanimidade.

 

Recebi esta informação de Walter Bento, de Floraí. A FIEP, durante a última reunião do Conselho Temático de Desenvolvimento das Cidades e Regiões, apresentou dados sobre a importância de investimentos em educação e tecnologia para melhoria da educação nos municípios.

Foram apresentados casos de boas práticas em educação. 23 municípios do Paraná, que tem IDEB - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica com nota 7 ou superior.

Da região receberam o destaque Maringá 7,1 – Floraí e Ivatuba, IDEB 7.

Sem dúvida a Educação precisa ser cada vez mais prioridade nos municípios. Educação é fundamental para o desenvolvimento.

CORAÇÃO. Depois da cirurgia no coração do presidente da Câmara, Mario Hossokawa, agora será a vez de Walter Guerlles, coordenador do escritório político do deputado federal Edmar Arruda, que fará uma cirurgia cardíaca na semana que vem (safena).

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

Player Ouça o boletim

Notícias da mesma editoria