Maringá e municípios da região enfrentam reflexos da greve dos caminhoneiros
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20 (Foto: Letícia Tristão/CBN Maringá)

O Assunto é Política

Maringá e municípios da região enfrentam reflexos da greve dos caminhoneiros

Por Diniz Neto em 30/05/2018 - 14:20
Player Ouça o boletim

TEMPO Faltam 130 dias para as eleições quer serão realizadas no dia 7 de outubro. 

TURNO ÚNICO MANTIDO

A Prefeitura de Maringá manterá nesta quarta-feira o turno único, das 8 às 14 horas.

O Comitê de Crise continua acompanhando o retorno das atividades de abastecimento, em Maringá. As avaliações são permanentes.

A volta à normalidade do abastecimento ainda vai demorar um pouco. Ocorre que cada região do estado tem um comando de greve. Em alguns lugares há resistência para liberar os caminhões.

Na prática, a paralisação não foi totalmente suspensa no Paraná e em muitos estados.

 DEFESA CIVIL

Em alguns pontos do estado os caminhões com o adesivo da Defesa Civil estavam sendo retidos, ontem (terça-feira).

Há um esforço para contato da Defesa Civil com todos os comandos de greve para tentar negociar a volta do abastecimento, nas diversas áreas.

Fato incrível: alguns caminhoneiros mentiram no cadastro para obtenção do adesivo da Defesa Civil e foram flagrados nos pontos de paralisação.

SETORES PRODUTIVOS

As principais federações do setor produtivo do Paraná estão unidas no trabalho de auxiliar a retomada da normalização das atividades empresariais e produtivas.

O valor do prejuízo da paralisação é quase incalculável. Em muitos casos a situação é de desespero, pelo desabastecimento ou pelos prejuízos, irrecuperáveis.

CARREATA

Ontem à tarde aconteceu uma carreata com buzinaço pelas ruas centrais de Maringá, com caminhões e carros.

Há em Maringá movimentos de direita e intervencionistas que defendem que este é o momento para forçar a queda do governo Temer, com a sua renúncia.

MUNICÍPIOS SOFREM COM EFEITOS DA GREVE DOS CAMINHONEIROS

Alguns eventos dos municípios da região estão sendo adiados, como reflexo da paralisação dos caminhoneiros.

Em Floraí, foi adiada a 29ª Festa das Nações. Ela será realizada daqui um mês, em julho. Vamos divulgar a nova data, assim que estiver confirmada, com a programação.

MARIALVA: 

Sem supermercados aos domingos, também está tramitando na Câmara de Marialva um projeto de lei sobre a regulamentação da abertura dos supermercados aos domingos e feriados. O autor é o vereador Jefferson Garbuggio.A Comissão de Ordem Econômica da Câmara de Marialva deve realizar audiência pública para debater o projeto, em data a ser marcada no mês de junho.

 

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

Noticias Relacionadas