Irmão de grávida baleada na cabeça em Tapejara vai a júri popular
Reprodução/Facebook

Julgamento

Irmão de grávida baleada na cabeça em Tapejara vai a júri popular

Por Carina Bernardino em 08/06/2018 - 15:20

Ela não morreu, mas vive em estado vegetativo. A filha dela entrou em óbito três dias após a realização da cesárea de emergência. O acusado também deve responder pela morte da sobrinha. 

Atualizado em 11.06- O acusado foi condenado a 14 anos de prisão. 

Player Ouça o boletim

Noticias Relacionadas