Hotéis atingem 75% de ocupação para o vestibular, mas querem 100%
Divulgação/UEM

UEM

Hotéis atingem 75% de ocupação para o vestibular, mas querem 100%

Por Carina Bernardino em 11/07/2019 - 18:26

É que apesar da procura, o setor hoteleiro está sentindo o impacto da diminuição de dias de provas a partir deste concurso

Player Ouça a reportagem

Começa nesse domingo (14) o Vestibular de Inverno da UEM (Universidade Estadual de Maringá), com mais de 18 mil candidatos inscritos. Mas diferente dos anos anteriores, a partir desta edição serão dois dias de provas. Com isto, o concurso encerra na segunda-feira (15). Para a presidente da Comissão Central do Vestibular, Maria Raquel Marçal Natali, a mudança foi positiva e ajudou a atrair mais vestibulandos.

Historicamente, os concursos da instituição movimentam vários setores maringaenses, como a rede hoteleira, que sempre espera por lotação total. Porém, até esta quinta-feira (11), alguns hotéis ainda têm leitos disponíveis para reservas. É o caso do estabelecimento que a recepcionista Nilda Rosa trabalha.

A estimativa de filiados ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau é que a ocupação por causa do vestibular da UEM tenha atingido 75% dos leitos, mas os empresários ainda querem chegar a 100%. Outra mudança que o setor está se adaptando é com a redução de diárias, como explica o sócio proprietário de um hotel da cidade, Erasmo Ramos.

Outra mudança do Vestibular de Inverno da UEM é no horário de aplicação das provas, que será a partir das 13h50 da tarde. Nos dois dias, será exigida a apresentação de documento de identificação original impresso, com foto e em bom estado de conservação. Além de Maringá, o concurso também irá ocorrer em outras dez cidades paranaenses. Neste vestibular, a instituição oferta 1.494 vagas em cerca de 70 cursos de graduação. Outras informações no site www.vestibular.uem.br.

Notícias da mesma editoria