Este ano, irregularidades renderam quase duas mil notificações
Luciana Peña/CBN Maringá

Calçadas

Este ano, irregularidades renderam quase duas mil notificações

Por Luciana Peña em 08/10/2018 - 11:12

Foram 1943 notificações por obstrução de calçadas ou outras irregularidades. Mas na maioria dos casos os donos dos imóveis arrumaram a calçada antes da notificação virar multa.

Player Ouça a reportagem

Você está caminhando pela cidade e tropeça. Aí percebe que a calçada não é regular como deveria. Tem piso quebrado, ou tem desnível. Pior, tem obra por perto e a calçada está lotada de material de construção. Não tem onde passar. A sensação é de falta de respeito com o pedestre. Imagina então se o pedestre tem dificuldade de locomoção. Só este ano, de janeiro a setembro, foram 451 denúncias na Ouvidoria Municipal de Maringá. Os fiscais da Diretoria de Fiscalização da prefeitura também flagram irregularidades e notificam donos de imóveis, diz a gerente de fiscalização geral Rosana de Lima. 

Este ano foram 1943 notificações contra 1353 no ano passado. De acordo com a irregularidade, os donos de imóveis têm prazo para arrumar a calçada. E no caso de construções, a legislação diz que o espaço reservado ao pedestre é de no mínimo 1 metro e 20.

Vale a pena denunciar. Na maioria dos casos, o dono do imóvel arruma a calçada. Só em 68 casos este ano foi preciso aplicar multa. E o valor de é 650 reais. E este ano foram 352 notificações para construção de calçadas em Maringá.