Empresa do setor de TI investe meio milhão de reais em programa de treinamento

Primeiro emprego

Empresa do setor de TI investe meio milhão de reais em programa de treinamento

Economia por Luciana Peña em 22/02/2020 - 10:28

O crescimento do setor de Tecnologia da Informação, que é acima do mercado, está ameaçado pela falta de mão de obra qualificada. Em Maringá, as empresas de TI têm 600 vagas abertas.  Uma dessas empresas lançou um programa de treinamento para estudantes e ex-estudantes, com ajuda de custo, que ao final vai contratar 100 profissionais.  

Os cursos da área de Tecnologia da Informação não estão conseguindo formar profissionais com todas os requisitos necessários para garantir a empregabilidade.

Na busca pelo primeiro emprego, muitos jovens não conseguem conquistar as vagas. E não são poucas. As empresas de TI, que crescem a ritmo chinês, têm 600 vagas abertas só em Maringá. 

O problema é que sem mão de obra qualificada as empresas também não conseguem se desenvolver e o crescimento fica ameaçado. 

Uma empresa do setor criou um treinamento específico para estudantes e ex-estudantes de TI, tanto do ensino técnico quanto do ensino superior, com o objetivo de aplacar as fragilidades da formação profissional. O investimento foi de R$ 500 mil. 

O curso é de graça e os candidatos ainda terão ajuda de custo, mas haverá uma seleção, explica o empresário Erike Almeida.

O objetivo é que ao final do treinamento uma turma de 100 profissionais esteja pronta para assumir vagas na própria empresa ou em outras do setor.

As aulas serão durante a semana das 13h30 às 17h30 e o conteúdo foi formulado pela própria empresa. Em alguns anos Maringá terá o Parque de TI com empresas e instituições de ensino e pesquisa.

O site para inscrições é -  tecno.dev/aspira